Palmeiras x Deportivo Táchira

noticias de Palmeiras x Deportivo Táchira

Palmeiras x Deportivo Táchira - Taça Libertadores - 24/05/2022

O Palmeiras encerra nesta terça-feira a sua participação na fase de grupos da Libertadores. Classificado, o Verdão recebe o Deportivo Táchira, da Venezuela, no Allianz Parque, às 21h30 (de Brasília).
Líder do Grupo A com 100% de aproveitamento, o Verdão já está garantido nas oitavas, mas ainda tem uma disputa importante para o jogo contra os venezuelanos: confirmar a primeira colocação geral, o que dá vantagem de decidir em casa todos os jogos do mata-mata. O time palmeirense também pode garantir mais dois recordes: melhor campanha e melhor ataque da fase de grupos.
Para rodar o grupo por conta do calendário apertado, Abel Ferreira pode promover novas mudanças na equipe titular. O treinador escalou força máxima apenas uma vez nesta edição da Libertadores.
O Deportivo Táchira é o vice-líder da chave com sete pontos, seguido pelo Emelec, com cinco, e Independiente Petrolero, com um ponto. Os venezuelanos garantem vaga em caso de vitória em São Paulo sem depender de outro resultado.

Palmeiras
A Libertadores é mais uma oportunidade para Abel Ferreira rodar o elenco palmeirense. A tendência é de que a comissão técnica opte mais uma vez por uma formação com mudanças para a última rodada da fase de grupos, mas com uma base titular em campo. Convocados, Weverton e Danilo vão se despedir do elenco antes dos amistosos da seleção brasileira.
Provável escalação: Weverton; Marcos Rocha, Kuscevic, Gustavo Gómez e Jorge; Danilo, Gabriel Menino e Atuesta (Gustavo Scarpa); Breno Lopes (Dudu), Rony e Rafael Navarro.

Deportivo Táchira
O Deportivo Táchira entra em campo na segunda posição do grupo, que lhe daria uma vaga nas oitavas, mas se não vencer o Palmeiras depende do resultado do Emelec contra o Petrolero. A equipe venezuelana terá ausências importantes: Robert Hernández e Edder Farías estão lesionados, enquanto Chacón está com a seleção sub-23.
Provável escalação: Diego Valdés; Pablo Camacho, Jean Fran Gutiérrez, José Luis Marrufo e Gabriel Benítez; Rafael Arace, Maurice Cova, Francisco Flores e Richard Figueroa; Anthony Uribe e Renny Simisterra.