Operário x Tombense

noticias de Operário x Tombense

Operário x Tombense - Campeonato Brasileiro Série B - 25/07/2022

Em situações diferentes, Operário-PR e Tombense se enfrentam nesta segunda-feira, às 19h, no Germano Krüger, em Ponta, pela 20ª rodada da Série B do Brasileiro, o início do segundo turno.
O Operário-PR vem de quatro jogos sem vencer, sendo três derrotas neste período, a última para o Novorizontino. Sequência que custou a demissão do técnico Claudinei Oliveira. Ainda em busca do novo treinador, o Fantasma será comandado por Sandro Forner, que é técnico do sub-20 do clube.
O Tombense encerrou o turno da competição com uma boa campanha. A equipe é a quinta colocada do torneio com 28 pontos e começou a rodada a cinco do G-4. O Alvirrubro vem de vitória por 1 a 0 diante do Criciúma, em Muriaé, na terça-feira passada.

Operário-PR
O Fantasma conta com alguns retornos importantes para este jogo. Os atacantes Paulo Sérgio e Felipe Saraiva foram liberados pelo departamento médico e reforçam o time, assim como o volante Ricardinho e o atacante Junior Brandão, que voltam de suspensão. O zagueiro Reniê, que foi vetado no aquecimento contra o Novorizontino, também está liberado.
Um provável Operário-PR é Vanderlei; Arnaldo, Thales, Reniê e Fabiano (Raphinha); André Lima, Ricardinho e Tomas Bastos (Giovanni Pavani); Reina (Felipe Saraiva), Paulo Sérgio e Silvinho.
técnico: Sandro Forner (interino)

Tombense
O técnico Bruno Pivetti deve poder contar com a volta do meia Jean Lucas, que se recuperava de problema muscular na coxa. Na contramão, ele perde uma peça importante no ataque. Keké, que recebeu o terceiro amarelo, cumpre suspensão. Kleiton e Renatinho são opções. O lateral-direito David é dúvida, com dores no tornozelo esquerdo desde a derrota para o Grêmio, há duas partidas. Caso não reúna condições, Diego Ferreira segue na equipe. É possível que o Roger Carvalho, poupado contra o Criciúma, inicie no lugar de Marcondes.
Provável escalação: Felipe Garcia; Diego Ferreira (David), Joseph, Roger Carvalho (Marcondes) e Manoel; Rodrigo, Zé Ricardo e Nenê Bonilha (Jean Lucas); Everton Galdino, Kleiton (Renatinho) e Ciel.
técnico: Bruno Pivetti