Athletico Paranaense x Fluminense

noticias de Athletico Paranaense x Fluminense

Athletico Paranaense x Fluminense - Campeonato Brasileiro - 03/09/2022

Em confronto direto, Athletico e Fluminense se enfrentam neste sábado, às 19h (de Brasília), na Arena da Baixada, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. As equipes estão separadas por três pontos.
O Furacão vem de vitória por 1 a 0 contra o Palmeiras pelo jogo de ida da semifinal da Libertadores, na Arena da Baixada. Já pelo Brasileiro, o time rubro-negro não vence há três jogos, com dois empates seguidos (Ceará e América-MG) e uma derrota (Flamengo). A última vitória foi contra o Atlético-MG em 7 de agosto, fora de casa. Com o jejum, o Athletico tem 39 pontos e agora ocupa a sexta posição da Série A.
O último jogo do Tricolor também foi contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, no sábado da semana passada, no empate em 1 a 1. Com a semana livre para treino, o Flu tenta agora retomar a segunda colocação - o time foi ultrapassado pelo Flamengo e está em terceiro no Brasileirão, com 42 pontos, um a menos que o rival.

Athletico
De olho na Libertadores, o Furacão novamente entrará em campo com o time reserva. As exceções são o zagueiro Pedro Henrique, que substitui o suspenso Nico Hernández, e o volante Hugo Moura, expulso diante do Palmeiras e que entra na vaga de Erick. Já o meia-atacante David Terans, que perdeu a vaga para Alex Santana na Liberta, deve começar o jogo.
Time provável: Anderson; Orejuela, Pedro Henrique, Matheus Felipe e Pedrinho; Hugo Moura, Matheus Fernandes e David Terans (Vitor Bueno); Rômulo, Cuello e Pablo
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Fluminense
O Fluminense terá mudanças importantes na partida. Suspenso, Nino deve dar lugar a David Braz no setor defensivo. Na lateral esquerda, Caio Paulista deve retornar ao time no lugar de Cristiano. Para ocupar o lugar deixado por Nonato, que acertou com o Ludogorets, da Bulgária, Martinelli deve começar entre os 11.
Time provável: Fábio, Samuel Xavier, David Braz, Manoel e Caio Paulista; André, Martinelli (Yago) e Ganso; Matheus Martins, Arias e Cano.
Técnico: Fernando Diniz