Operário x Guarani

noticias de Operário x Guarani

Operário x Guarani - Campeonato Brasileiro Série B - 13/09/2022

Em confronto direto na zona de rebaixamento, Operário-PR e Guarani se enfrentam nesta terça-feira, às 19h, no Germano Krüger, pela 30ª rodada da Série B do Brasileiro. O Fantasma é o 18º na tabela, com 30 pontos, enquanto o Bugre vem logo atrás, em penúltimo, com 29 pontos.
O Operário-PR vem de derrota para o líder Cruzeiro, por 1 a 0, no Mineirão, e só teve uma vitória nos últimos sete jogos que disputou - bateu o Londrina, também por 1 a 0, em casa. O fator casa, aliás, é uma das apostas: são seis partidas seguidas sem perder no Germano Krüger.
O Guarani vai para o segundo dos quatro confrontos diretos em sequência nesta reta final. Na rodada passada, perdeu de virada para o Vila Nova, por 2 a 1, em Goiânia, com um gol no fim. Depois do Operário, ainda vai enfrentar Novorizontino (33 pontos), no Brinco de Ouro, e CSA (32), em Maceió.
Mozart vai para o 15º jogo no comando bugrino e ainda busca a primeira vitória como visitante. Se conseguir quebrar o jejum, dorme fora da degola.

Operário-PR
O Fantasma não deve ter mudanças, e o técnico Matheus Costa vai repetir a escalação pelo terceiro jogo seguido. É a mesma formação que venceu o Londrina e perdeu depois para o líder Cruzeiro. Com isso, Rafael Chorão, Pavani e Fernando Neto formam o meio, com Júnior Brandão ganhando sequência no ataque.
O provável Fantasma é Vanderlei; Arnaldo, Dirceu, Reniê e Fabiano; Rafael Chorão, Fernando Neto, Giovanni Pavani e Reina; Paulo Victor e Júnior Brandão.
técnico: Matheus Costa

Guarani
O Guarani terá ao menos uma mudança no time titular, já que o atacante Júlio César ainda se recupera de dores na coxa esquerda. Bruno José, Edson Carioca e Diogo Mateus são os principais candidatos para ficar com a vaga.
Também existe a possibilidade de Diogo Mateus entrar no lugar de Alvariño, caso o técnico Mozart opte por uma formação mais ofensiva.
Provável Guarani: Kozlinski, Alvariño (Diogo Mateus), João Victor, Derlan e Jamerson; Leandro Vilela, Rodrigo Andrade, Giovanni Augusto e Isaque; Bruno José (Edson Carioca) e Yuri.
técnico: Mozart