Ceará x São Paulo

noticias de Ceará x São Paulo

Ceará x São Paulo - Campeonato Brasileiro - 18/09/2022

O Ceará recebe o São Paulo às 16h deste domingo (18), na Arena Castelão, em Fortaleza. O duelo é válido pela 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. No primeiro turno, as equipes empataram (2 a 2). O duelo também marca o reencontro de Ceni e Lucho González após 17 anos, mas dessa vez como treinadores.
O Ceará tem 31 pontos na Série A. O time conquistou a primeira vitória no returno diante do Santos e busca garantir uma boa sequência dentro de casa. Mais de 35 mil torcedores já confirmaram presença para o jogo.
O São Paulo soma a mesma pontuação do rival deste domingo e precisa dividir a atenção do Brasileirão com a final da Sul-Americana, marcada para o próximo dia 1 de outubro. Rogério Ceni, depois da eliminação, disse que levaria a "força máxima possível" para o Castelão, já que a distância para a zona de rebaixamento tem diminuído.
Pelo Campeonato Brasileiro, Ceará e São Paulo já se enfrentaram em 22 oportunidades, com 11 vitórias do Tricolor, nove empates e apenas duas vitórias do Vozão. Nos gols marcados, foram 39 do São Paulo contra 21 do Ceará, totalizando 60 gols.

Ceará
O time de Lucho González vai contar com retornos importantes para o duelo. Jô e Vina devem ser titulares após suspensão. Luiz Otávio treinou com a equipe durante a semana e também deve atuar. Após superar lesão, Diego Rigonato pode estar no banco de reservas.
Provável escalação: João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio (Gabriel Lacerda) e Bruno Pacheco; Richard, Richardson e Vina (Guilherme Castilho); Lima, Mendoza e Jô.
técnico: Lucho González

São Paulo
Sem contar com Miranda e Eder, suspensos, Ceni ganhou o reforço do quarteto excluído da Copa do Brasil, por questões de regulamento. Felipe Alves, titular no gol; Ferraresi, que tem ganhado espaço; Bustos e Marcos Guilherme estão à disposição e devem dar descanso a algumas peças importantes, pensando na final da Sul-Americana.
Provável escalação: Felipe Alves, Rafinha, Ferraresi, Luizão (Diego Costa) e Reinaldo (Welington); Pablo Maia, Galoppo, Talles Costa e Alisson; Bustos e Calleri (Luciano).
técnico: Rogério Ceni