Internacional x Ceará

noticias de Internacional x Ceará

Internacional x Ceará - Campeonato Brasileiro - 26/10/2022

O Inter recebe o Ceará no Beira-Rio na noite desta quarta-feira. A partida, válida pela 34ª rodada do Brasileirão, será disputada às 21h45.
Sem perder há 12 jogos, com oito vitórias e quatro empates, o Inter trabalha para terminar mais uma rodada na vice-liderança. O time de Mano Menezes abriu a 34ª rodada com 61 pontos, a 10 do Palmeiras. O Colorado já está garantido na próxima Libertadores, mas se vencer assegurará vaga à fase de grupos e retomará o 2º lugar, já que o Flamengo venceu o Santos e passou na tabela. Caso Inter e Corinthians não vençam, o Palmeiras pode se tornar campeão ao final da rodada.
O Vozão tenta reencontrar o caminho das vitórias. Os comandados de Lucho González não saem com os três pontos de uma partida desde o dia 10 de setembro, quando derrotaram o Santos por 2 a 1. Desde então, amarga um período de sete jogos de insucesso, com quatro derrotas e três empates. A equipe está em 16º lugar com 34 pontos, um a mais que o Atlético-GO, que abre a zona de rebaixamento.

Inter
Após cumprir suspensão, Mano volta a comandar o time. A dúvida está se Edenilson segue entre os titulares ou Mauricio, recuperado de um estiramento no joelho direito, volta ao time. A tendência é pela continuidade do camisa 8 entre os titulares.
Provável Inter: Keiller; Bustos, Rodrigo Moledo, Vitão e Renê; Johnny, Edenilson (Mauricio), Carlos de Pena, Alan Patrick e Pedro Henrique; Alemão.
técnico: Mano Menezes

Ceará
Lucho vai ter que promover mudança no ataque, já que não conta com Mendoza para o jogo. O atacante está fora do jogo após sair no segundo tempo do duelo contra o Atlético-GO com dores. O jogador é o artilheiro do time na temporada, com 20 gols marcados (sendo 10 no Brasileirão). Richardson tomou o terceiro amarelo e está suspenso. Fernando Sobral deve assumir titularidade no meio. Lima, Erick e Zé Roberto devem formar o trio de ataque.
Provável escalação: João Ricardo; Nino Paraíba, Luiz Otávio, Messias e Bruno Pacheco; Fernando Sobral, Guilherme Castilho e Vina; Lima, Erick e Zé Roberto.
técnico: Lucho González