Botafogo x Cuiabá

noticias de Botafogo x Cuiabá

Botafogo x Cuiabá - Campeonato Brasileiro - 01/11/2022

O Botafogo recebe o Cuiabá nesta terça-feira, às 19h (de Brasília), no Nilton Santos, em jogo da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Para o time da casa, o jogo é decisivo porque pode colocar a equipe no G-8 do Brasileirão, dentro da zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. Os alvinegros estão na 10ª colocação, com 47 pontos, três atrás do oitavo colocado. O time carioca pode garantir matematicamente uma vaga na Sul-Americana nesta rodada.
O Cuiabá vem de vitória sobre o Avaí, resultado que fez a equipe auriverde saltar duas posições na tabela. O Dourado aparece em 16º lugar, com 34 pontos, mesma pontuação do primeiro time dentro da zona de rebaixamento, o Ceará. Para se manter fora do Z-4 sem depender de outros resultados, precisa conquistar a primeira vitória fora de casa no returno do Brasileirão.

Botafogo
Em busca de uma vaga no G-8 para ficar mais perto da Libertadores de 2023, o Botafogo poderá ter a volta de Lucas Fernandes. A escalação dele, porém, ainda é incerta já que ficou um tempo parado por causa de lesão. Há dúvida também se Luís Castro irá manter a formação com quatro atacantes ou se retornará ao 4-3-3.
Escalação provável: Gatito; Daniel Borges (Rafael), Adryelson, Victor Cuesta e Marçal; Tchê Tchê, Gabriel Pires e Lucas Fernandes (Patrick de Paula); Victor Sá (Jeffinho), Júnior Santos e Tiquinho Soares.
técnico: Luís Castro

Cuiabá
O técnico António Oliveira tem seis retornos para a partida. Joaquim, Denilson e Deyverson voltam de suspensão automática. Sidcley, Kelvin Osorio e Camilo deixaram o DM e ficam como opção para o confronto. Com mais peças para montar a equipe, o técnico treinou com três zagueiros e a tradicional linha com quatro defensores. Caso opte pela primeira opção, Alan Empereur deve atuar ao lado de Marllon e Joaquim. Se a formação inicial for no 4-3-3, assim como na rodada passada, o volante Marcão pode ser mantido na titularidade.
Escalação provável: Walter; Marllon, Joaquim e Alan Empereur (Marcão); João Lucas, Denilson, Pepê e Igor Cariús; Felipe Marques (Rodriguinho), André Luís e Deyverson.
técnico: António Oliveira