Cruzeiro x CSA

noticias de Cruzeiro x CSA

Cruzeiro x CSA - Campeonato Brasileiro Série B - 06/11/2022

Cruzeiro e CSA se enfrentam neste domingo, às 18h30 (de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte. A partida é válida pela última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e vai marcar a entrega do troféu de campeão ao time mineiro.
Após 114 partidas completadas, o Cruzeiro encerra a passagem na Série B. Um drama vivido por três anos e encerrado em uma campanha bem superior aos adversários. Reencontra um dos principais algozes do clube desde o ano do rebaixamento, em 2019, e tem a chance de rebaixá-lo à Série C do Brasileiro. A partida ainda marca a entrega da taça de campeão ao Cruzeiro, que terá na torcida Ronaldo Fenômeno.
O CSA decide o futuro neste domingo. Com 42 pontos, entra na última rodada fora do Z-4, em 17º lugar, e escapa do rebaixamento com uma vitória sobre o Cruzeiro. Caso perca em Belo Horizonte, torce para o Novorizontino ser derrotado pelo Operário, em Ponta Grossa. Dois empates nesses jogos também salvam o time alagoano.

Cruzeiro
O técnico Paulo Pezzolano tem à disposição, praticamente, todo o time que foi protagonista durante a campanha do título da Série B. Pelo peso da partida, chamado de "jogo da vida" pelo treinador, a expectativa é que ele coloque o que tem de melhor à disposição. A dúvida principal é sobre como será formado o ataque do Cruzeiro
Provável escalação: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Lucas Oliveira e Eduardo Brock; Filipe Machado, Willian Oliveira, Daniel Jr (Geovane Jesus) e Matheus Bidu; Bruno Rodrigues, Luvannor (Jajá) e Edu
Técnico: Paulo Pezzolano

CSA
Adriano conta com o retorno do meia Gabriel, que cumpriu suspensão contra o Vila Nova e deve entrar no lugar de Lucas Lourenço. Ainda machucado, o zagueiro Werley não joga. Assim, Douglas continua na equipe e faz a dupla com Lucão. O ataque deve ser formado por Osvaldo e Rodrigo Rodrigues, artilheiro do time na temporada, com 20 gols. Recuperado de lesão muscular, Lucas Barcelos tende a ficar no banco.
Provável escalação: Marcelo Carné; Everton Silva, Douglas, Lucão e Diego Renan; Geovane, Gabriel, Yann Rolim e Lourenço; Osvaldo e Rodrigo Rodrigues.
Técnico: Adriano Rodrigues